domingo, 26 de fevereiro de 2012

Moped IFA

Na DDR além das motos MZ, fabricavam as bicicletas Mifa (ainda em produção) e moped Simson.









quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Ciclomotores Diversos

Piaggio Ciao
Caloi Mobilette AV 7 parceria com a Motobecane francesa
Caloi Mobilette AV 10
Monark MSL 50 ainda com motor Sachs
Alpina - Sistema elétrico 12 V

Torkita - Com pedais e versão com câmbio automático

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Pesar, Ducati procura novo dono


O fundo (Investindustrial) - que detém o controle do grupo Ducati - está interessado em alienar a companhia, e já encarregou o Deustche Bank e o Goldman Sachs, desde o ano passado, a procurar potenciais interessados da Ásia, dos EUA ou da Europa.

Para quem possa imaginar que a empresa esteja passando por dificuldades, a Investindustrial, através de Andrea Bonomi (presidente da sociedade), afirmou que a Ducati esta em perfeitas condições financeiras, mas que para enfrentar o futuro precisa do apoio de um sócio industrial de categoria internacional, e pretende arrecadar cerca de três vezes mais do que o investimento inicial realizado na empresa.

Ótimo investimento, mas sem nenhum compromisso com a marca Ducati.

Pena que meu saldo no banco não chegue a tanto.

É torcer para a empresa ser adquirida por algum grupo que mantenha o padrão Ducati conquistado a longo de anos, e para que a marca não tenha o mesmo fim de outras que serviram apenas para dar nome a produtos orientais.

Fonte: Dinheiro Digital

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Icones dos anos 70

Puch Motovi
Garelli Eureka


Garelli 3
Garelli Katia

Teve também a Garelli Junior em parceria com a Agrale, mas publicaremos ela junto com as outras Agrale.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Morre Abraham Kasinsky, fundador da Kasinski e da Cofap


O fundador da Cofap e da marca de motocicletas Kasinski, Abraham Kasinsky, faleceu, nesta quinta-feira, aos 94 anos.

Durante quatro décadas, o empresário presidiu a indústria de autopeças Cofap e, em 1997, decidiu vender a companhia por 25 milhões de dólares.

Na mesma época, aos 80 anos, Kasinsky decidiu comprar uma pequena fábrica na zona franca de Manaus e passou a produzir motocicletas. A empresa foi batizada com o seu sobrenome para passar credibilidade ao mercado.

O empresário era o caçula de cinco filhos de um casal de imigrantes russos e passou parte de sua vida morando no bairro do Brás, em São Paulo. Antes de começar a empreender, Kasinsky tinha o sonho de ser médico.

Aos 32 anos, no entanto, após a insistência do pai e irmãos, ele iniciou uma pequena produção de peças, que mais tarde passou a ser conhecida por Cofap.

Durante muitos anos, Kasinsky pegou carona no crescimento da indústria automobilística e expandiu seu negócio de autopeças. A Cofap, durante sua gestão, esteve presente em quase 100 países.

Por mais de uma década, o empresário esteve à frente da marca de motocicletas que levava seu sobrenome. Em 2009, no entanto, optou por vender o negócio para o grupo chinês CR Zongshen.

Segundo relatos, o empresário chegou a enfrentar desavenças com os filhos, que eram contra o segundo casamento do pai. Em sua biografia, Kasinsky chegou a afirmar que estava pronto para enfrentar qualquer batalha em seus negócios, mas guerrear com os filhos, isso ele não sabia.


Fonte: Revista Exame

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Monareta NSU

Monareta com motor NSU, as primeiras, para mim as mais belas, depois trocaram o motor e a aparencia.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Ciclomotor


Mokick, ou moped como são conhecidas mundo a fora é o termo para ciclomotor, porém no Brasil o termo ciclomotor nunca pegou, já que a grande maioria das pessoas preferem utilizar o nome da marca que domina o mercado para designar o produto (metonímia).



Aqui, tudo começou com as Leonettes, que nem me lembro porque na verdade nem era nascido, mas me lembro sim da era das Puch, (um dos meus desejos de infância), da Garelli e mais recentemente das Mobiletes que dominaram o mercado.

Apesar de essas marcas terem sido lideres, já tiveram no mercado um grande numero de "puque", que eram produzidas com tecnologia de empresas parceiras, inclusive as grandes montadoras como, Ducati, Honda, Jawa e Yamaha produzem ou produziram marcas menos expressivas.


As "garelis" sempre tiveram seu publico, só não têm um público maior no Brasil por uma definição de uma legislação clara, que hora permitiu até menores pilotarem uma: depois do código de transito Brasileiro foi criada a ACC (Autorização para condução de ciclomotores) que eu realmente nunca vi nem sei como funciona, muito menos a diferença da Carteira Nacional de Habilitação.

Esse mês será dedicado as "mobiletes" e vamos publicar farto material para alegrar a garotada de todas as idades.