quinta-feira, 29 de março de 2012

Effe Motos e Motores

Encontrei estas fotos numa revista antiga, não tenho muitas informações nem sei se chegaram a ser produzidas mas pelo que parece as motos da gaucha Effe Motos e Motores SA eram feitas em parceria com a HRD Italiana, “pequena Bimota”, (não confundam com a inglesa de mesmo nome).
Se alguém souber mais sobre essas motos favor nos ajudar comentando. Aqui está o site para conhecer mais sobre a HRD Italiana.

3 comentários:

Pedro Damião Soares disse...

Fui um dos felizes usuários de uma moto EFFE ST125,fabricada em Garibaldi-RS. Na itália,região do Piemonte, circulei com uma moto HRD WH125. As duas têm muita semelhança, mas também existem diferenças.
A HRD,em curva de média e alta velocidade,trepidava, enquanto a EFFE entrava e saía com segurança e suavidade.
As duas usavam o motor desenvolvido pelo Engenheiro Trivelli da TAU MOTORI, superior a qualquer outro125cc brasileiro. Potência e economia era o forte deles.
Se entre as duas empresas existia algum acôrdo operacional ou associação eu não sei, mas em Portugal, conheci o Presidente da EFFE e soube que eles e a METALURGIA CASAL de Aveiro, cidade vizinha a cidade do Porto,tratavam de uma associação, para fabricação no Brasil de (inicialmente) dois modelos de motos CASAL 125cc.
É uma lástima que tenham parado com a fabricação desta realmente espetacular moto.
Pedro Damião Soares - Porto Alegre-RS

caco disse...

muita fabricas europeias e americanas faliram ou mudaram de ramo devido a invasao japa na decadas de 70 e 80, lembro de uma revista antiga sobre o salão de Paris em que o reporter escreveu num tom de orgulho ``E A EUROPA SE RENDE A INVASÃO JAPONESA´´ Na america do norte a unica que ficou foi a harley isso por que convençeram o presidente RONALD REAGAN e o congresso norte-americano da epoca a tonar a empresa capital misto .

Renato Rocha disse...

Uma reportagem na época de apresentação dessa moto feita pela revista MOTOSHOW,mostrava na forma estatica essa street 125,mas o galpão onde seria fabricada numca recebeu maquinario para produç~qo.Tanto que foi feita investigação pelos reporteres da epoca e não havia sequer autorização para funcionamento da fabrica.O caso parado e caiu no esquecimento.