sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Mais WSK

Gosto do estilo das motos, quanto as modelos deixam a desejar.




WSK


WSK, polonesa da época da guerra fria, ainda no melhor estilo de propagandas socialista.



quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Douglas

Uma das primeiras fábricas do mundo a produzir motocicletas (e não bicicletas motorizadas) a Douglas (inglesa) iniciou suas atividades em 1909 e encerrou em 1957.


Nos seus 48 anos de produção trouxe inovações como motor boxer, válvula no cabeçote (OHC) e a suspensão traseira de quadro elástico utilizando barras de torção, foi amplamente adotada pelo exercito Inglês.

O slogan da fábrica era "As motos de 2 cilindros são as melhores e a Douglas é a melhor moto de 2 cilindros".




quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

10.000 acessos


Para muitos o ano no Brasil só começa após o carnaval, melhoram os negócios, tomam-se decisões políticas, sempre que é possível, evita-se que o carnaval fique no meio do caminho.

Então a partir de agora é arregaçar as mangas e trabalhar.

Essa nova etapa coincidi com os 10.000 acessos ao blog, para marcar e comemorar mudamos a logomarca do blog.

Eu gostei muito, gostaria de ouvir a opinião de vocês. O melhor comentário nessa postagem até dia 05/03 concorre a uma camisa com a logo do blog.

Não esqueça de deixar um email para contato.

Nossa enquete sobre a marca de moto européia ta no final, faltam 08 dias e já votaram até agora 160 pessoas, se voce ainda não votou ainda a tempo, aproveite.


quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Retrô Hi-tech

Há algum tempo, têm aparecido produtos com design denominado Retrô Hi-tech, que seriam novos produtos, mas com estilo e design inspirados em produtos de tempos atrás.
Meu primeiro contato com esse estilo foi com os veículos da Chrysler, por serem maiores e mais caros não passam desapercebidos, e agradam muito este blogueiro em especial, o PT Cruiser inspirado nos Bugatti, são facilmente encontrados nas maiores cidades do país, a Fiat seguiu a tendência e lançou o 500, assim como o sucesso do Citroen C3 se deve, em parte, as referências do clássico Citroen 2 CV. Isso na indústria automobilística, e assim por diante temos vários outros exemplos, mas em outros setores isso também ocorre.

Algumas empresas brasileiras adeririam à idéia e já lançam produtos seguindo o estilo retrô, um bom exemplo disso é a Brastemp, que recentemente lançou um frigobar com ares dos anos 60, nas cores vermelho azul e amarelo.

As motos não iriam ficar de fora, a Aprilia Habana, é um belo scooter com cara dos anos 50.

Existem ainda as empresas que insistem num design de gosto duvidável, um estilo oriental com faróis puxados, pra mim uma das mais feias e a CG Titan com setas junto ao farol dando a impressão de chifres. E o pior, parece que a Honda se inspirou na Traxx, especificamente no modelo urbano Joto. Isso depois de anos copiando outros fabricantes.

Não sou contra a inovação, mas adoro faróis redondos ou quadrados e bom gosto pode e deve ser usado sem moderação.

Vespa e Lambretta de papel

Você quer uma Vespa ou Lambretta em miniatura?

Pra isso basta ter de paciência e um pouco de habilidade manual. Abaixo estão os gabaritos para fazer uma de papel; é simples basta imprimir-lo recortar e colar, tem ainda algumas fotos de uma já montada.

Bem eu não tenho paciência nem tão pouco habilidade manual, mas achei muito interessante.




quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

MZ swarovisk


Imagine uma moto coberta de cristais swarovisk!

Um pouco mais, imagine uma MZ 1000S recoberta de cristais swarovisk!




Olhos de cobiça, interesse, de admiração ou assombro...

Nunca tinha visto nem ouvido falar, mas a criatividade humana é infinita.



Se eu gostei? bem vou usar meu lado mineiro e apenas classifica-la de 'gosto discutivel'.

E você, o que acha?

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Ducati no Brasil

Como parte da nova estratégia da marca para o Brasil, que inclui também o realinhamento de preços e a nomeação, em 2010, de uma rede de concessionárias no país, a legendária Ducati inaugurou recentemente sua primeira concessionária no país.


A marca é a atual campeã de Superbike e detem outros 16 títulos da categoria e de MotoGP.


Os principais modelos estão disponíveis para pronta entrega com preços a partir de R$ 38.900,00.

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Mais KTM

Mais algumas propagandas antigas da KTM de 87 , 2009 e de 2010 quando acontece o 2º Rally, dia 30 de maio, homenageando os 50 anos sem Ernst Kronreif (24. Mai 1960), será um rally histórico que contará ainda com uma exposição de modelos KTM antigas e atuais.








KTM

Para quem está acostumado a associar as KTMs a motos off-road alaranjadas, propagandas antigas onde aparecem com cores diferentes, uma custon, uma street e até um ciclomotor da marca.





segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Cibana

A Cibana marca tradicional uruguaia foi adquirida pela Zanella Argentina.

sábado, 6 de fevereiro de 2010

DAYTONA BIKE WEEK 2010


De 1º a 07/03/2010 acontece a Daytona Bike Week na cidade norte americana de Daytona Beach, a festa toma conta de toda cidade, várias barracas de acessórios, inúmeras lojas de souveniers, bares para todos os gostos e muito, muito Rock and Roll.


quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Agrale Elefantré

Uma nova Fase da Agrale foi estabelecida com o lançamento, em Março de 1989 da Elefentre 30.0. Nome que unia os termos Elefant e Tre (três em italiano) significando a terceira geração das Elefant e também aquele que seria considerado o melhor projeto. A nova Elefantre era basicamente a mesma Cagiva Elefant 125 86-89. Reunia um desenho moderno, com predomínio de ângulos retos e harmoniosos, um tanque amplo, envolvido pelo banco bem mais confortável que o da Elefant, suspensão e freio aprimorados. Outros detalhes interessantes eram a barra de alumínio que enrijecia o pára-lama dianteiro e o painel, um bonito e bem iluminado CEV italiano.


A partida elétrica, opcional, era a principal novidade no motor 30.0, utilizava também um freio dianteiro mais eficiente, sem a tendência a ficar "elástico" como o da linha anterior, e nova suspensão frontal, com o eixo à frente do garfo.

Depois de ganhar uma versão de 16,5 cv, a Elefantré recebeu um acento inexistente na Itália, para facilitar a pronúncia pelos brasileiros na última letra e melhorias técnicas, como amortecedor traseiro com reservatório separado.
A Elefantre 16.5, visualmente era idêntica à 30.0, exceto pela decoração, mas não oferecia partida elétrica. O que começou a acontecer só em 1992. O preço convidativo em relação à versão maior lhe garantiu boas vendas.

Em toda a linha Agrale a ousadia tomava conta do visual, com cores contrastantes e grafismos originais, que pareciam não caber nas partes em que eram aplicados. A última versão de grafismo foi lançado em 95 e as motos foram sendo fabricadas até 98, sofrendo concorrência dos modelos importados até mesmo pela Agrale, como a Cagiva W16 de motor 4t.






Devido a seu porte, design e potência do motor (30.0 o da Falcon 400 é de 31.5) as elefantrés tem sido procuradas por quem deseja fazer um Motard, e tem ficado muito bom.








segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010